Responsabilidade

Em alinhamento com nossos pilares dos 4P’s (Produto, Pessoas, Processo e Paciência), acreditamos que a integração do conceito de ESG é um dos fatores centrais que devem ser considerados em nosso processo de investimento. Nossos investimentos passam por uma criteriosa análise de todas as áreas técnicas da Quasar e são aprovados pelo nosso comitê de riscos e investimentos, que analisa também como os fatores ESG que impactam o negócio e a perenidade da empresa diligenciada. Ao adotar esse processo de análise, visamos priorizar e valorizar a boa gestão da empresa de forma a sermos coerentes com o que buscamos, que é entregar a melhor equação de risco versus retorno para nossos clientes.

A sustentabilidade do ponto de vista financeiro, social, ambiental e de governança deve ser sempre considerada e analisada em conjunto. Para nós da Quasar um investimento só faz sentido quando tiver um equilíbrio entre os quatro pilares.

Vale destacar que em 2020 a Quasar se tornou signatária do IPC (Investidores pelo Clima), que busca engajar e capacitar investidores profissionais locais para que avancem na descarbonização e gestão climática dos portfólios. Ao aderir ao IPC, declaramos a importância dos desafios, riscos e oportunidades impostos pelas mudanças climáticas. Além disso, tornamos público o compromisso de exercer propriedade ativa sobre o tema, por meio de práticas de engajamento e voto.

Em 2020, a Quasar também passou a ter o selo de “Carbon Neutral Certified” ao neutralizar suas emissões de CO2. Estes créditos contribuem para a preservação da floresta amazônica e o papel fundamental que ela desempenha na sustentabilidade do meio ambiente

Confira nossa Política Socioambiental Aqui