Em alinhamento com nossos pilares dos 4P´s (Produto, Pessoas, Processo e Paciência), acreditamos que a integração do conceito de ESG é um dos fatores centrais que devem ser considerados em nosso processo de investimento. Nossos investimentos passam por uma rigorosa análise de todas as áreas técnicas da Quasar e são aprovados pelo nosso comitê de riscos e investimentos, que analisa também como os fatores ESG que impactam o negócio e a perenidade da empresa diligenciada. Ao adotar esse processo de análise, visamos priorizar e valorizar a boa gestão da empresa de forma a sermos coerentes com o que buscamos, que é entregar a melhor equação de risco vs retorno para nossos clientes.

A sustentabilidade do ponto de vista financeiro, social, ambiental e de governança deve ser sempre considerada e analisada em conjunto. Para nós da Quasar um investimento só faz sentido quando tiver um equilíbrio entre os quatro pilares. Por essa razão, estamos estruturando fundos de investimentos que irão aderir formalmente a políticas ESG com uma metodologia específica.

Vale destacar que em 2020 a Quasar se tornou signatária do IPC (Investidores pelo Clima), que busca engajar e capacitar investidores profissionais locais para que avancem na descarbonização e gestão climática dos portfólios. Ao aderir ao IPC, declaramos a importância dos desafios, riscos e oportunidades impostos pelas mudanças climáticas. Além disso, tornamos público o compromisso de exercer propriedade ativa sobre o tema, por meio de práticas de engajamento e voto.

Em 2020, a Quasar também passou a ter o selo de “Carbon Neutral Certified” ao neutralizar suas emissões de CO2 de 2019. Estes créditos contribuem para a preservação da floresta amazônica e o papel fundamental que ela desempenha na sustentabilidade do meio ambiente.

Confira nossa Política Socioambiental AQUI

Selo Carbon Neutral
Selo IPCA

Compartilhar